Cinco pessoas morrem e 140 ficam feridas durante festival na Bélgica

Tempestade destruiu dois palcos do Pukkelpop, famoso evento de música do país; shows foram suspensos

estadão.com.br com agências internacionais,

19 de agosto de 2011 | 15h00

SÃO PAULO - Pelo menos cinco pessoas morreram e 140 ficaram feridas, dez em estado grave, após um desmoronamento durante o festival de música Pukkelpop, na Bélgica, na quinta-feira, 18. Dois palcos caíram, atingidos por árvores depois de uma forte tempestade, que, estima-se, durou apenas cinco minutos.

À esquerda, homem mexe nos destroços dos palcos destruídos pela tempestade; à direita, mulher presta homenagem aos mortos..

 

Todos os mortos eram belgas, com idades entre 15 e 59 anos. Eles não foram imediatamente identificados.

 

Estima-se que 60 mil pessoas estavam presentes. Pouco antes da queda dos palcos, o vocalista da banda 30 Seconds to Mars, que se apresentaria no festival, publicou em seu Twitter: "Tempestade maluca no Pukkelpop na Bélgica - não tenho certeza se seremos capazes de subir ao palco. Fiquem ligados. Segurança primeiro".

 

O festival, que duraria mais dois dias, foi cancelado. "Eu já vi muitas tempestades tropicais, mas esta foi sem precedentes", disse Chokri Mahassine, organizador do Pukkelpop desde 85, em entrevista à AP.

 

Os organizadores disseram que não receberam alertas de tempestades, o que foi contestado pela empresa responsável. Transporte foi providenciado para levar os espectadores para casa.

 

Na programação do festival, estavam, além do 30 Seconds to Mars, Eminem e Foo Fighters.

 

No último sábado, acidente semelhante ocorreu nos Estados Unidos, em um festival em Indiana, matando cinco pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
Pukkelpopacidenteshowmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.