Jae C. Hong/AP
Jae C. Hong/AP

Christina Aguilera fala sobre divórcio para 'People'

'A situação era doentia e nada feliz para Jordan e para mim', disse cantora

EFE

02 de dezembro de 2010 | 20h22

A cantora Christina Aguilera fala sobre seu divórcio no próximo número da revista "People", onde explica que se sentiu "destroçada por romper" sua família, mas ao mesmo tempo sabia que o casamento "devia terminar".

 

Em trechos divulgados nesta quinta-feira pela edição digital da publicação, a artista relata seus sentimentos na hora de assinar os papéis do processo de divórcio de seu marido, Jordan Bratman.

"A situação era doentia e nada feliz para Jordan e para mim, sabia que devia terminar", disse a protagonista de "Burlesque", o musical atualmente em cartaz nos EUA.

 

"Realmente não queria prejudicar Jordan, e me senti destroçada por romper nossa família", acrescentou.

A decisão de acabar o casamento de cinco anos não foi nada fácil, mas a artista levou adiante porque queria fazer o melhor para seu filho, Jordan, de dois anos.

 

"Quando se está em um casamento infeliz, seus filhos são os que sofrem", disse a cantora, de 29 anos, cujos pais se divorciaram quando ela tinha sete anos. "Essa é a última coisa que quero para meu filho", acrescentou.

 

Desde que vazou a notícia do divórcio, Christina começou a ser vista com um novo acompanhante, Matthew Rutler, um assistente de produção de "Burlesque".

 

"É o tipo de pessoa com quem você pode passar horas falando ao telefone e de repente perceber que já é dia", afirmou a cantora.

Tudo o que sabemos sobre:
Christina Aguilera

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.