Chris Cornell retoma o vocal do RAM

Os três remanescentes do grupo norte-americano Rage Against the Machine (RAM), o guitarrista Tom Morello, o baixista Tim Commerford e o baterista Brad Wilk, voltaram a se reunir para a gravação de um novo álbum, em Los Angeles. No lugar do ex-vocalista Zack de la Rocha, que deixou a banda em outubro de 2000, entra Chris Cornell, ex-vocalista do grupo de Seattle, o Soundgarden.Em março deste ano, depois de algumas gravações com o RAM, Cornell abandonou o projeto. A notícia veio logo depois do anúncio da programação do Ozzfest 2002, que contava com a banda no palco principal. Na época, o roqueiro Ozzy Osbourne declarou que Cornell era seu vocalista predileto. Algumas demos com Cornell cantando chegaram a circular pela Internet em maio deste ano. Quem ouviu, disse que o som pesado da banda está um pouco mais contido, mas a guitarra de Morello continua marcante nas músicas. Não há uma data certa para o lançamento do CD. Outra pendência é o nome da banda, que inicialmente iria se chamar Civilian. Mas o novo nome deve ser mesmo Audioslave. Ainda hoje é possível acessar o site da banda, que informa apenas que o Audioslave é uma banda de Los Angeles e Seattle.Depois de deixar o Soundgarden, banda que apareceu no início da década de 90 durante o movimento Grunge e vendeu mais de 8 milhões de discos, Cornell lançou um CD solo, Euphoria Morning, de 1999, um fracasso comercial. Já Zack de la Rocha, depois de nove anos à frente do RAM e três álbuns lançados, resolveu tentar a carreira solo. Até agora, após vários boatos sobre o primeiro disco, não há previsão para o lançamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.