Chorão dá sua versão para acidente em Santos

O vocalista da banda Charlie Brown Jr., Alexandre Magno Abrão, o Chorão, concedeu uma coletiva de imprensa nesta tarde para esclarecer o que houve no acidente em que sua Blazer bateu em uma Palio Weekend, deixando quatro pessoas levemente feridas, ontem à noite, em Santos. "Foi um acidente de trânsito em que eu vinha numa rua que não tinha farol, escura e que não tem sinalização", explicou. Segundo o cantor, ele já havia passado a metade do cruzamento quando o carro foi atingido. "Com a colisão, o carro foi jogado para a calçada onde estavam os três jovens e eu permaneci no local, prestei socorro e prestei assistência para todos e liguei para o 190". "Graças a Deus não foi um acidente grave", disse o cantor, que destacou que os feridos continuavam hospitalizados apenas para observação e que ele também se machucou. "Cortei a boca, estou com um coágulo na cabeça pois foi uma pancada forte". Chorão trafegava pela rua Lowndes com sua Blazer e cruzou a Rua Campos Mello, que é preferencial, quando foi surpreendido pela Palio Weekend, dirigida por Rodrigo Dias Vieira, de 22 anos, um dos feridos. Com o choque, o veículo do cantor foi arrastado até a calçada onde três amigos conversavam e acabaram também se ferindo.Rodrigo, que estava sozinho no carro, disse que a Blazer de Chorão cruzou a sua frente, mas que não se lembra do acidente. "Só lembro que depois da batida ele foi até meu carro, prestou socorro e disse que ia chamar o resgate." Depois, Rodrigo desmaiou e apenas acordou no hospital. William Silva Fontes, de 16 anos, um dos rapazes que conversavam na calçada na hora do acidente, conta que estava sentado quando houve a batida. "A Blazer de Chorão acabou subindo na calçada e me jogou contra a parede". Ele também desmaiou na hora e acordou na Santa Casa de Santos. Maicon Domingos dos Santos, de 15 anos, chegou a ver os dois carros batendo. "Mas foi tudo muito rápido, não deu tempo para correr e quando vi, o carro já estava em cima". Segundo ele, havia outros rapazes conversando naquele momento, mas só três foram atingidos na colisão. José Allison da Silva, de 17 anos, foi o outro ferido.

Agencia Estado,

07 de março de 2005 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.