China quer Britney. Mas sem as roupas sensuais

A primeira apresentação da cantora Britney Spears na China foi aprovada pelo Ministério de Cultura Chinês, mas o governo quer saber que roupas ela vai vestir quando subir ao palco, segundo nota de hoje do Serviço de Notícias da China (SNC). Britney, que está em turnê mundial para promover seu último álbum, In The Zone, vai fazer quatro shows em Xangai e Pequim no ano que vem, disse a SNC. Wang Enqiang, produtor da empresa que vai organizar os shows de Britney na China, disse que a estrela pretende passar pelo país ainda em 2004, mas não tinha nenhuma informação sobre as preocupações do governo. No entanto, a imagem sensual da cantora tem causado preocupação. Oficiais do ministério pediram aos organizadores do show que garantissem que Britney não mostre muitas partes do corpo no palco. ?Os departamentos responsáveis vão dar instruções sobre os trajes da cantora para as apresentações?, diz a nota da SNC. Não ficou claro quais padrões os inspetores vão usar ou como eles serão colocados em prática. Um fonte não identificada é citada pela SNC dizendo que o ministério quer ser respeitado. Mas disse que as roupas de Britney para os shows são as mesmas para todos os locais onde ela se apresenta e seria ?impossível fazer roupas especiais para a China.? Com mais de 54 milhões de discos vendidos em todo o mundo, Britney seria uma das maiores estrelas internacionais a tocar na China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.