Chico Lobo e Pena Branca unem suas violas

O Teatro Alterosa vai ser palco este fim de semana do encontro de duas gerações da música brasileira de raiz. Chico Lobo e Pena Branca fazem, de sexta a domingo, o show Encontro de Raízes, em que apresentam grandes músicas do cancioneiro caipira. No repertório, destaque para composições dos CDs Reinado, de Chico Lobo e Semente Caipira, de Pena Branca, ambos lançados este ano pela gravadora Kuarup. Será um show intimista. Apenas os violeiros e suas violas. "Isso é porque queremos o maior contato possível com o público", afirma Lobo.Pena Branca, ao lado de seu irmão Xavantinho, foi o protagonista de uma das maiores duplas do gênero. Um exemplo desse sucesso é o disco Ao Vivo em Tatuí, gravado em parceria com o compositor Renato Teixeira. Esse álbum, lançado em 1993, recebeu o Prêmio Sharp de Melhor Disco e vendeu mais de 140 mil cópias. O maior sucesso de vendas da Kuarup. Após o falecimento do irmão Xavantinho, Pena Branca deu início a sua carreira solo. No show, ele se une ao violeiro de São João Del Rey, Chico Lobo. Músico jovem que se destaca por explorar em sua viola caipira tanto sons rurais, quanto urbanos e eruditos.Nova Parceria - Chico Lobo convidou Pena Branca, após a morte de Xavantinho, para participar de seu CD. A partir daí, intensificou-se a amizade e nasceu a idéia do show. "Pena Branca é uma referência para a carreira dos violeiros do Brasil. E é muito bom poder unir a minha geração mais nova com a geração dele, mais guerreira", afirma Chico.Por enquanto, este show só ocorre em Belo Horizonte. Chico Lobo, no entanto, diz que existe a possibilidade de levá-lo ao interior de Minas e para São Paulo. Encontro de Raízes - Com Chico Lobo e Pena Branca. Sexta e Sábado às 21h e Domingo às 20h, no Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta). Ingressos: R$ 15. Telefone (0 _ _ 31) 3237-6611.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.