Chico César lança em CD "Odeio Rodeio"

Chico César vem com a coragem e o bom humor suficientes para dizer - e gravar - "odeio rodeio". A parceira de reclamação não poderia ser melhor: Rita Lee. Os dois gravaram Odeio Rodeio, música e letra de Chico e uma das duas faixas do CD Compacto e Simples, que tem também a canção Brega. Trata-se de uma inovação no formato do CD ou um revival dos antigos compactos de vinil - que continham 2 ou 4 músicas. É o quarto lançamento do selo de Chico, o Chita Discos."Há coisas que a gente só fala para quem gosta, e eu gosto muito da cultura do interior do Brasil", explica Chico. "Eu sinto que houve um achatamento desta cultura. Quando parecia que iam mostrar mais dela, foi o contrário. Mas esta cultura resiste e vai resistir sempre."Polêmica por si só, a música ganhou força por sair em disco ao mesmo tempo que a novela América vai ao ar, ambientada no universo country. Chico esclarece, porém, que Odeio Rodeio é anterior à trama de Glória Perez. "A música não tem nada a ver com a novela do ponto de vista temporal. Mas do ponto de vista cultural, este é um assunto da nossa época, a americanização. O bicho está sempre presente nas nossas festas populares, como o bumba-meu-boi, mas apenas representado. Da forma como acontece, o rodeio acaba nos animalizando. Vão querer transformar todos nós em bestas - a menina que se veste igualzinha a uma americana e o cara que se animaliza para ir lá maltratar o bicho", diz Chico.Há testemunhas de que Chico vem cantando Odeio Rodeio por aí há tempos. Mas é curioso perceber como a música cabe como crítica perfeita ao hábitat dos personagens da novela. Diz a letra: A calça apertada/ A loura suada/ Aquele poeirão/ A dupla cantando/ E um louco gritando/ Segura peão. A idéia de que o interior do País abandonou suas raízes para imitar os americanos, transportando para as arenas das antigas festas de peão as músicas, gritos, roupas, esporas e todo o pacote da estética do rodeio incomoda Chico, artista acostumado a tocar em todos os cantos do Brasil. Feita assim, como pensata de uma situação que transcende o alcance da novela das oito, Odeio Rodeio acabou se tornando grito de guerra das entidades protetoras dos animais, que se voltaram contra América. O bordão dá nome à campanha lançada pela Associação Paulista de Auxílio aos Animais (Apaa), no início do mês, que tem até adesivos. Odeio rodeio também estampa camisetas - uma delas usada pela cantora Pitty. Alheio aos avisos de amigos de que a polêmica poderia prejudicá-lo, Chico vai além: "Acho que música deveria entrar na novela. Se eles vão falar sobre este universo, têm de mostrar até os que são contra os rodeios." Odeio Rodeio - O compacto de Chico já está à venda na Mauro Discos (Rua Clélia, 33, loja 38, tel.: 3803-9106), por R$ 7. Lá, às 19 horas do dia 27, quarta-feira, o cantor marca o lançamento com uma noite de autógrafos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.