John Shearer/Invision/AP
John Shearer/Invision/AP

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, é encontrado morto

Segundo o TMZ, músico teria cometido suicídio

O Estado de S.Paulo

20 Julho 2017 | 15h21

Chester Bennington, de 41 anos, vocalista da banda Linkin Park, foi encontrado morto em sua residência privada em Palos Verdes Estates, na Califórnia, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada por uma fonte policial à agência AP.

Segundo informações do site TMZ, o músico cometeu suicídio. Chester Bennington teria se enforcado no local. Seu corpo foi encontrado nesta quinta-feira, 20, pouco antes das 9h (horário local). O vocalista era casado e tinha seis filhos.

Chester era muito próximo de Chris Cornell, que morreu em maio e completaria 53 anos justamente nesta quinta-feira, 20. No dia da morte de Cornell, Chester escreveu uma carta aberta para demonstrar sua admiração pelo ídolo.

O músico lutou por anos contra as drogas e o álcool. No ano passado, ele afirmou em entrevista que já havia pensado em suicídio porque já havia sido abusado sexualmente na infância.

O Linkin Park teve seu auge no início dos anos 2000, com os álbuns Hybrid Theory e Meteora. Na época, o grupo emplacou seu rock com influência de rap e metal em paradas de sucessos, com músicas como Faint, In The End, Crawling e Numb.

Hits do Linkin Park

Numb

Crawling

Faint

Somewhere I Belong

Mais conteúdo sobre:
Linkin Park

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.