Cher pode encerrar carreira sem gravadora

Cher acaba de incluir mais 50 shows em sua turnêmundial de despedida e tem vários planos para garantir o sucessono ano que vem, mas, de acordo com o jornal New York Post, aWarner Bros. estaria planejando demitir a estrela. Com a saídado empresário Bob Dickerson, que orquestrou o início do revivalda cantora com o disco Believe, de 1998, a empresa estariatentando investir em estrelas mais jovens. Um dos agravantestambém seriam as vendas de Living Proof, que não repetiu aperformance do álbum anterior, o mais bem-sucedido da carreirade Cher. A informação oficial da gravadora, no entanto, é queeles continuam apoiando o disco e devem lançar dois novosremixes em breve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.