Andrew Cowie/AFP
Andrew Cowie/AFP

Charlie Watts, o mais discreto integrante do Rolling Stones, em frases

O baterista Charlie Watts morreu aos 80 anos, nesta terça-feira, 24

Ubiratan Brasil, O Estado de S. Paulo

24 de agosto de 2021 | 15h22

O baterista Charlie Watts, que morreu nesta terça, 24, em Londres, aos 80 anos, era um dos mais discretos integrantes do Rolling Stones. Mas Charlie Watts tinha opinião formada sobre vários assuntos, como demonstram essas frases.

"A noite do Marquee (considerada a primeira apresentação do grupo, em 12 de julho de 1962) foi a gravação de um show de rádio, e a banda era a de Alexis Korner, com quem eu já tinha tocado. Tinha também o Brian Jones, com quem eu tocara um ano antes. Então, era um embrião do grupo, que só foi se estruturar ao longo do ano. Nós consideramos que o dia 2 de janeiro é a data de fundação da banda"

Ao Estadão, em 2012

*

"(O símbolo da) língua é um exemplo clássico. Por mim, iria direto para a beleza. Mas, por conta da posição em que estamos, você tem que ter algo arrebatador que tome conta"

À revista Rolling Stone, em 2005

*

"Elvin Jones era fenomenal. E também Roy Haynes. Mas sou mais influenciado por outros caras como Kenny Clarke"

Sobre suas influências, em 2010

*

"Acho que eles fariam isso, se quisessem. Se eu não estivesse bem o suficiente para tocar nesta turnê (A Bigger Bang Tour), outra pessoa faria isso - se Mick e Keith quisessem. Não há razão para achar que eles não deveriam, se há pessoas que comparecem para vê-los. Existem caras da equipe que podem fazer o que eu faço"

À Rolling Stone, sobre a possibilidade de não fazer a turnê, em 2004, por causa de um câncer na língua

*

“Estou me esforçando para ficar bem, mas aceitei, por recomendação médica, que isso vai demorar um pouco. Depois de toda a decepção com o atraso na turnê provocado pela covid, não quero que os fãs dos Stones nos EUA que já compraram ingressos tenham outro adiamento ou cancelamento. Por isso, pedi que meu grande amigo Steve Jordan me cobrisse”

No início de agosto, ao comentar sobre sua ausência no início da turnê deste ano.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.