Charlie Brown Jr. toca em SP amanhã e domingo

Todos os shows deles, de uns tempos para cá, são sold out (com lotação total). Já venderam mais de 2 milhões de discos - o último, o AcústicoMTV que será apresentado em show no Via Funchal, neste sábado e domingo, jápassoudas 500 mil unidades vendidas. E, apesar de serem todos trintões, raros sãoos adolescentes entre 14 e 16 anos que não os têm como ídolos no País. Sãoos campeões de cartas em revistas para teens como Capricho e TodaTeen.Trata-se da banda santista Charlie Brown Jr., um fenômeno cultural digno denota. "Por que a gente gosta deles? Porque eles falam a nossa língua",explica Caio Ezellner, de 16 anos. "A gente não faz uma música direcionadapara os adolescentes nem a ninguém em especial. Fazemos o que estamossentindo. Mas o legal nisso tudo é que o rock está chegando cada vez maiscedo para essa moçada", diz o guitarrista Marcão - ou Marco AntonioValentimBritto Jr., santista morador do Canal 5, um dos cinco charlies (os outrossão Chorão, Champignon, Pelado e Thiago)."Eu não sei fazer poesia/ Mas que se f...", diz a letra de Reggae doSapato, maior sucesso atual do Charlie Brown. "O que ele quis dizer namúsica é que ninguém precisa seguir o padrão para se dar bem", diz HeloísaZamariolli, de 15 anos.A banda teve início em 1992, quando o vocalista Chorão, então apenas umskatista ligado em Red Hot Chili Peppers, assistia a um show num bar emSantos. Tocava uma banda chamada Matrix. Hoje, fazem 180 shows por ano, emmédia. É a única banda brasileira escalada para o festival Rock in RioLisboa, em maio.Mais do que adotar o comportamento messiânico, aconselhativo, o CharlieBrown Jr. prospera porque reproduz, em letra e música, uma atitude denegação, do tipo não sei o que quero, mas sei o que não quero.Charlie Brown Jr. - Amanhã, às 21h30; e domingo, às 18 horas. De R$50,00 a R$ 80,00. Via Funchal: Rua Funchal, 65, Vila Olímpia, tel.2163-2000

Agencia Estado,

02 de abril de 2004 | 17h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.