Timothy Kuratek/CBS
Timothy Kuratek/CBS

Cerimônia do Grammy tem nova data e será realizada 3 de abril

Organização preferiu adiar a premiação por conta do avanço da variante ômicron

Agência, AFP

19 de janeiro de 2022 | 07h45

A 64ª edição do Grammy Awards será realizada no dia 3 de abril em Las Vegas, depois de ter sido adiada devido ao avanço da variante ômicron, anunciaram nesta terça-feira, 18, os organizadores da premiação.

O humorista Trevor Noah, apresentador do The Daily Show, será o anfitrião da prestigiosa cerimônia que premia o melhor da música e ocorrerá no MGM Grand Garden Arena.

A Academia de Gravação adiou o evento, originalmente marcado para 31 de janeiro, há duas semanas "em meio a crescentes preocupações com a variante ômicron".

Esta cepa altamente contagiosa do coronavírus é responsável por quase todos os novos casos registrados nos Estados Unidos.

Na Califórnia, o estado mais populoso do país, as autoridades de saúde anunciaram nesta terça que mais de um milhão de novas infecções foram registradas na última semana, totalizando sete milhões desde o início da pandemia.

Essa explosão de casos mexeu com a temporada de premiações de Hollywood, adiando alguns eventos e levando outros de volta ao formato virtual.

A cerimônia do Grammy voltou a sua forma presencial em 14 de março do ano passado, após ter sido adiada em 2021 por causa da pandemia de covid-19.

Este ano, o prêmio musical deve marcar o retorno ao glamour da festa tradicionalmente realizada no Staples Center, em Los Angeles, e consagrar artistas como Justin Bieber, Billie Eilish e Olivia Rodrigo, além do músico de R&B Jon Batiste, que tem onze indicações.

"Estamos animados para levar o Grammy Awards para Las Vegas pela primeira vez e fazer um espetáculo de primeira linha", disse o diretor executivo da Academia de Gravação, Harvey Mason Jr., em um comunicado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.