Divulgação
Divulgação

Centenário de Frank Sinatra será lembrado com documentário

Produção usa trechos de quase 16 horas de áudio do cantor falando de sua vida; veja seleção de alguns vídeos

Alicia Powell, Reuters

01 de abril de 2015 | 14h00


Frank Sinatra conta a história de sua vida com suas próprias palavras em um novo documentário lançado como parte das comemorações que irão marcar o que seria o centésimo aniversário do cantor e vão durar todo o ano. 

Composto de duas partes, Sinatra: All or Nothing at All, que se concentra no show de aposentadoria de Sinatra em 1971, utiliza entrevistas antigas, fotos, filmagens de apresentações e vídeos caseiros jamais vistos.

“Acho que houve um momento no qual ele achou que já chegava para ele, por todo tipo de razões emocionais. E ele fez um show naquele ano, que deveria ter sido seu show de aposentadoria”, disse Alex Gibney, o diretor do filme.

“Na minha opinião, para um cara que nunca escreveu sua autobiografia, acho que aquele show foi sua autobiografia na forma de música”, acrescentou.

O documentário usa canções da apresentação de 1971 e trechos de quase 16 horas de áudio de Sinatra falando de sua vida, disse o produtor executivo Frank Marshall.

“Pegamos muitas entrevistas e muitas de suas próprias palavras e conseguimos de certa forma contar a história de sua vida com suas próprias palavras. E foi isso que tornou tudo especial”, afirmou.

Sinatra, cuja voz sedutora conquistou legiões de fãs em todo o mundo, fez sua primeira gravação em 1939. Conhecido por clássicos como My Way, New York, New York e Strangers in the Night, ele continuou gravando quase até sua morte, em 1998.

“Tudo está representado (no documentário). É muito especial, foi um processo muito interessante”, disse a filha mais nova de Sinatra, Tina, no tapete vermelho de um evento para o filme, na terça-feira, 31.

As comemorações em homenagem a Sinatra, conhecido como ‘Olhos Azuis’ ou ‘Presidente do Comitê’, durarão o ano todo para marcar o que seria seu 100º aniversário no dia 12 de dezembro.

No mês passado, uma mostra intitulada Sinatra: An American Icon, que exibiu fotos e objetos pessoais jamais vistos, foi inaugurada na Biblioteca Pública de Nova York para as Artes Performáticas.

Tudo o que sabemos sobre:
MúsicaCinemaFrank Sinatra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.