Divulgação
Divulgação

'Cedo & Sentado' toca música de outros Estados no Studio SP

Bicicletas de Atalaia, Apanhador Só e Jair Naves mostram musicalidade das regiões Nordeste, Sul e Sudeste

Estadão.com.br,

28 de março de 2011 | 15h25

A noite do projeto Cedo & Sentado desta terça-feira, 29, no Studio SP (Rua Augusta, 591) terá os shows de Bicicletas de Atalaia, Apanhador Só e Jair Naves. A casa abre a partir das 21h e o primeiro show acontece às 22h. A entrada é gratuita até as 23h, mas quem permanecer na casa depois da meia-noite paga o ingresso.

 

Bicicletas de Atalaia começou com o duo formado por Bruno (voz/violão) e Leo Mattos (bateria/vocais) vindo do Sergipe. Em São Paulo, Bicicletas ganhou o apoio de Renan Cacossi (flauta/sax), Ilya Amarante (baixo) e Kaneo Ramos (guitarra). As canções mostram as influências do samba, jazz, pop rock dos anos 1960 e da bossa nova.

 

Apanhador Só lançou seu primeiro disco homônimo no ano passado e conseguiu boas críticas. Na lista do site Scream & Yell figura em terceiro lugar como um dos melhores discos brasileiros. O quarteto (Kumpinski, Felipe Zancanaro, Fernão Agra e Martin Estevez) vindo do Rio Grande do Sul mistura rock com diversas influências e tem até um bandonéon na faixa Balão-de-Vira Mundo, um legítimo tango.

 

Jair Naves traz a tônica do amor e das relações em suas canções. Vindo de Araguari (MG), seu primeiro trabalho foi um EP lançado em fevereiro de 2010 com o nome de sua cidade. O saudosismo, as modas de viola e a música com raiz caipira completam o universo do músico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.