CD de Bob Dylan é eleito o melhor do ano

Love and Theft, de Bob Dylan, foi eleito o o melhor álbum do ano pela revista Rolling Stone. O 43.º álbum da carreira de Dylan, em que o bardo repassa a história da canção americana e apresenta algumas de suas composições mais contemplativas, liderou a lista de melhores do ano à frente da cantora de soul Alicia Keys (Songs in a Minor), a grande aposta do pop em 2001; Mick Jagger e seu trabalho-solo Goddess in the Doorway, que dividiu a crítica e patinou nas lojas; Björk e seu celebrado Vespertine; e o rapper Jay-Z, com Blueprint.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.