Divulgação
Divulgação

Cavern Club receberá show beneficente para crianças refugiadas sírias

Evento em outubro terá 12 horas de música ao vivo

EFE, O Estado de S. Paulo

10 de setembro de 2015 | 16h05

LIVERPOOL - Eternizado como o local que revelou os Beatles ao mundo, o Cavern Club sediará, no dia 11 de outubro, em Liverpool, um show com renda revertida às crianças refugiadas sírias que lutam para recomeçar a vida na Europa.

A ideia de organizar o evento, que terá 12 horas de música ao vivo, partiu do músico e jornalista brasileiro Fernando Duarte, que mora em Londres.

"A crise dos refugiados é muito grave, e acredito que todos temos de fazer algo para tentar ajudá-los. Este evento representa só uma gota no oceano, mas numa situação tão problemática, cada gota contabilizada certamente fará diferença para muita gente", afirmou.

O ingresso para o show custará 10 libras (cerca de R$ 60) e não está restrito a quem estará fisicamente presente no Cavern Club.

"Nossa intenção é reunir os beatlemaníacos ao redor do mundo para contribuir com essa causa tão nobre. A distância real pode ser muito grande, mas qualquer pessoa poderá estar simbolicamente com a gente no dia do show, não importa se ela está no Brasil ou no Vietnã", disse Duarte.

Os brasileiros que quiserem participar da iniciativa devem acessar o site "www.justgiving.com/beatlesaid" e doar 10 libras, valor que será destinado à organização Save The Children. A doação garante a entrada no show, para quem estiver disposto a visitar Liverpool no próximo mês.

"Num mundo tão divido como o atual, os Beatles são das poucas coisas que ainda se mantêm universais. E nada mais nobre que aproveitar essa força que a banda tem para ajudar a quem tanto precisa", destacou Fernando Duarte.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.