Cat Stevens organiza show para vítimas do tsunami

O cantor antes conhecido como Cat Stevens vai organizar um show na Indonésia para vítimas do tsunami, anunciou hoje em seu site. Yusuf Islam, nome que Stevens usa agora, está proibido de entrar nos Estados Unidos porque as autoridades americanas acreditam que ele seja uma ameaça à segurança nacional. Slam planeja abrir na indonésia uma braço de sua instituição, a Small Kindness. O show vai acontecer no dia 31, em Jacarta.Islam compôs uma nova música Indian Ocean, em resposta ao desastre e recentemente gravou-a com outros músicos, inclusive A.R.Rahman, um prolífico compositor e produtor indiano, Magne Furuholmen, do A-Ha, e Travis, baterista do Neil Primrose. A canção será lançada em fevereiro e vai levantar dinheiro para crianças que ficaram órfãs após o maremoto."Como qualquer outra pessoa, eu fui abalado pela enormidade desta tragédia humana, e a canção veio sem esforços", disse Slam em sua declaração. "É minha contribuição para ajudar a reconstruir os espíritos quebrados das vítimas do desastre". A faixa inclui uso de instrumentos, que Islam evitava desde que se converteu ao islamismo em 1977, mas insistiu "não é um retorno de Cat Stevens. Eu vejo mais como uma resposta natural para expressar minha preocupação como um muçulmano e um artista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.