Carnabelô sacode BH com axé e tecno

A sétima edição do Carnabelô, carnaval temporão de Belo Horizonte, começa hoje no Parque da Gameleira/Expominas. A festa já tem presença garantida na lista das grandes micaretas do Brasil e deve reunir cerca de 120 mil pessoas por dia. Trata-se do mais conhecido evento em Belo Horizonte: segundo pesquisa da Empresa Municipal de Turismo da cidade, o Carnabelô lidera com 39,9% a lista dos mais famosos, seguido pela Banda Mole (36,3%) e pela Feira de Artesanato da Afonso Pena (34,1%)Este ano, além dos tradicionais grupos baianos, os foliões terão a opção de aderir a um bloco de música eletrônica, comandado pelo DJ Anderson Noise, que traz a atração internacional Scan X. Para quem gosta de axé e pagode, apresentam-se Asa de Águia, As Meninas, Araketu, Chiclete com Banana e Bartucada. Participam desta sétima edição os blocos UAI (Araketu e Chiclete com Banana), Belo Pirô (Cheiro de Amor e Asa de Águia), BH Classe A (Bartucada e As Meninas) e o Noise Music (Scan X, Level 202, Mau-Mau, Alvinho Little Noise, Marky Mark). Ainda existem mortalhas para os blocos UAI (R$ 200), BH Classe A (R$ 54) e Noise Music (R$ 90). Os camarotes particulares para 20 pessoas custam R$ 3.300 e o camarote oficial do Carnabelô, com infra-estrutura de boate, show de laser, living room e sushi bar, tem passaportes a R$ 285 para homens e R$ 242 para mulheres. Quem preferir uma opção mais barata, pode comprar o passaporte comum, que custa R$ 6 para os três dias.Carnabelô 2000. Dias 30 de junho, 1º e 2 de julho. Expominas / Parque da Gameleira (Av. Amazonas, 6000). Informações pelo telefone (0 _ _ 31) 213-4141 ou através do site www.carnabelo.rec.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.