Carlinhos Brown ajuda os pobres como 'qualquer ser humano'

Cantor diz usar sua popularidade para a caridade; para ele, o trabalho 'não é meritório', mas dever de todos

Efe,

02 de julho de 2008 | 14h30

O músico Carlinhos Brown defendeu neste quarta-feira, 2, usar a popularidade e suas possibilidades para ajudar os mais pobres, e ressaltou que o trabalho que ele faz nesse sentido "não é meritório", porque é o que faria "qualquer ser humano." Veja também:Ivete e Carlinhos Brown levam Salvador para Rock in Rio Madri "Faço isso como qualquer ser humano e o melhor é que consigo a ajuda de outros, consigo juntar pessoas, os meios de comunicação me abrem espaço para que fale e isso é muito importante", disse Brown, conhecido por seus projetos de ajuda a crianças e jovens de bairros marginalizados do Brasil. O artista fazia estas afirmações nesta quarta na apresentação do show que dará este fim de semana na ilha espanhola de Fuerteventura. Será "um espetáculo único" que "só nós podemos fazer", disse Carlinhos Brown, que revelou que, para a ocasião, reunirá em cena quase 15 músicos, incluindo três percussionistas.

Tudo o que sabemos sobre:
Carlinhos Brown

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.