Guillaume Souvant / AFP
Guillaume Souvant / AFP

Cantora Marianne Faithfull está internada com coronavírus

Britânica foi um dos ícones dos anos 1960, iniciou sua carreira musical com a canção 'As Tears Go By', escrita por Mick Jagger e Keith Richards

Redação, AFP

05 de abril de 2020 | 10h09

A cantora britânica Marianne Faithfull, um ícone dos anos 1960, foi hospitalizada após testar positivo para o novo coronavírus, informou neste sábado, 4, sua agência de relações públicas.

"O representante de Marianne Faithfull confirmou que ela estava sendo tratada pela covid-19 em um hospital de Londres", tuitou Republic Media, uma agência especializada na indústria musical.

"Sua condição é estável e responde bem ao tratamento. Desejamos que se recupere logo e completamente", acrescentou.

A artista americana Penny Arcade, amiga da cantora britânica de 73 anos, escreveu em sua conta de Facebook que Marianne Faithfull foi ao hospital nesta terça-feira porque começou a ter tosse estando confinada.

"Ela superou e sobreviveu a tantas coisas em sua vida, inclusive a de ser Marianne Faithfull, que se um vírus a leva seria uma tragédia", escreveu a americana, cujo nome de registro é Susana Ventura.

Marianne Faithfull foi um dos ícones dos anos 1960. Saboreou a fama com apenas 17 anos graças à canção As Tears Go By, escrita por Mick Jagger e Keith Richards, dos Rolling Stones.

Além de ser cantora e compositora, também foi atriz ao longo de suas cinco décadas, mas teve que lidar com sua dependência química e com problemas de saúde.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.