Instagram / @cantorafabianaanastacio
Instagram / @cantorafabianaanastacio

Cantora gospel Fabiana Anastácio morre vítima do novo coronavírus

Pastora dona do sucesso 'Adorarei' estava internada com dificuldades para respirar e deixou o marido e três filhos

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2020 | 11h36

A cantora gospel Fabiana Anastácio morreu na madrugada desta quinta-feira, 4, vítima da covid-19, aos 45 anos, em São Paulo. A pastora era dona do sucesso Adorarei (2015), com quase 70 milhões de visualizações no YouTube.

"Deus decidiu levar nossa Fabiana Anastácio Nascimento para os seus braços. Obrigado a todos pelas orações. Ao longo do dia será postado mais informações", escreveu a equipe de Fabiana nas redes sociais. "Te adorarei, te adorarei, quando chegar aí no céu te adorarei", completou, referindo-se à música.

Fabiane apresentou sintomas graves da doença no fim de maio e foi internada em na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital paulista. Um dia antes da morte, o boletim médico informava que seu quadro de saúde era estável, mas com  dificuldade para respirar devido ao peso dela.

No fim de maio, sua família criou uma ação de financiamento coletivo para conseguir bancar as despesas do hospital.  "A dor não escolhe cor, nem raça, nem status ou condição... ela simplesmente surge e traz suas consequências", escreveram os parentes na descrição da campanha de arrecadação.

Fabiana deixa o marido, pastor Rubens Nascimento, e três filhos.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia


Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.