JF Diorio/ Estadão
JF Diorio/ Estadão

Cantora e compositora Tiê celebra os dez anos de carreira com lançamento de DVD

Canções inéditas e um repertório especial fazem parte da turnê de comemoração; show em São Paulo acontece no próximo sábado, 30

Adriana Del Ré, O Estado de S. Paulo

28 de novembro de 2019 | 07h00

São dez anos de carreira como cantora e compositora, contados a partir de seu delicado álbum de estreia, Sweet Jardim, de 2009. Mas Tiê lembra que já havia começado a cantar algum tempo antes desse marco zero – ela, por exemplo, acompanhou Toquinho em seus shows durante dois anos. “Eu tinha muitas questões, então minha vida foi meio enroscada no começo, tanto que considero esses dez anos com o lançamento Sweet Jardim. Foi como oficialmente comecei a carreira. Claro que não iniciei ali, já tinha feito coisas, mas foi ali que tive coragem e lancei meu primeiro disco”, diz, em entrevista ao Estado

Para celebrar a data, Tiê lançou recentemente Dix (dez, em francês), seu primeiro projeto ao vivo, que rendeu álbum e DVD, disponíveis nas plataformas digitais e também em versões físicas. O repertório abrange 17 canções, incluindo releituras de músicas dos quatro discos de sua carreira, o já citado Sweet Jardim, A Coruja e o Coração (2011), Esmeraldas (2014) e Gaya (2017), além de três inéditas. 

Foram eleitas para o setlist de Dix canções como Assinado Eu, um de seus primeiros sucessos, A Noite e Piscar o Olho – ambas ganharam projeção após fazer parte de trilhas sonoras de novelas da Globo e atingir um público mais amplo. “É muito legal você ir para a novela, porque realmente você entra na casa das pessoas que têm o hábito de assisti-la”, comenta. “Sou superfã (de novela), faz parte da minha vida, da minha história. Minha avó, Vida Alves, deu o primeiro beijo na novela.” 

 

Autobiográfico

Com o novo projeto, Tiê está em turnê e se apresenta neste sábado, 30, na Casa Natura Musical, em São Paulo. “Vejo esse quinto trabalho como se fosse um laço amarrando essa primeira fase (da trajetória). Ele não é conclusivo, porque não é o último e também não é um disco de inéditas. É como se fizesse um balanço, para que eu logo mais faça um disco de inéditas. Ando bem animada, compondo, logo mais vou fazer outro disco.” 

Com produção de Paul Ralphes e cenário de Nina Becker, Dix traz participação especial de Cynthia Luz e Rael. Com Cynthia, Tiê faz releitura de Vou Atrás. Com Rael, ela canta Não Sei, uma parceria dos dois (com André Whoong). O show foi gravado no YouTube Space, no Rio, em junho, com boa parte da plateia formada por fãs. E, no palco, Tiê faz um panorama de sua obra, essencialmente autobiográfica. “Todos os discos são assim, claro que há histórias antigas, mas geralmente é minha visão sobre meus sentimentos, frustração, culpa, sobre várias questões. Vejo uma sequência que faz sentido ao longo desse quinto trabalho.”

TIÊ – ‘DIX’

CASA NATURA MUSICAL.

R. ARTUR DE AZEVEDO, 2.134, PINHEIROS/ TEL: 3031-4143.

SÁB. (30), ÀS 22H (ABERTURA DA CASA: ÀS 20H30).

R$ 50 / R$ 100

Tudo o que sabemos sobre:
Tiêmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.