Cantora diz que foi estuprada em carceragem da PF

A cantora mexicana Glória Trevi, que está presa no Brasil, pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Neri da Silveira, o relaxamento de sua prisão. No pedido, que foi entregue ontem pelos advogados, a cantora afirma pela primeira vez que foi estuprada enquanto estava presa na carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Brasília, informou a Rede Globo. Esta é mais uma versão para a gravidez de Glória Trevi, que está no sexto mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.