Reprodução Instagram/ Sibongile Khumalo
Reprodução Instagram/ Sibongile Khumalo

Cantora de jazz sul-africana Sibongile Khumalo morre aos 63 anos

Artista, que se apresentou na posse de Nelson Mandela, em 1994, morreu em decorrência de um derrame após longa doença

Mfuneko Toyana, Reuters

29 de janeiro de 2021 | 15h11

A cantora de ópera e jazz sul-africana Sibongile Khumalo, que recebeu a segunda maior honraria nacional do país, morreu nesta quinta-feira, 28, informou a família em um comunicado.

A cantora de 63 anos, nascida em Soweto, não muito longe da casa do falecido presidente Nelson Mandela, cantou na posse do líder em 1994. Ela também se apresentou internacionalmente, incluindo no famoso Royal Albert Hall de Londres.

Khumalo recebeu a Ordem de Ikhamanga em Prata em 2008, por sua contribuição às artes e cultura. Uma soprano experiente, ela ostentava um amplo alcance vocal, e sua obra inclui clássicos europeus, folk africano e coral, além de jazz moderno.

A família disse que a causa da morte foi um derrame após uma longa doença.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
músicaSibongile Khumalojazz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.