Cantor Robbie Williams diz sentir falta das drogas

O cantor pop Robbie Williams disse que ele ainda usaria drogas se elas não o deixassem gordo. "Eu ainda usaria se eu não ficasse do tamanho de um aeroporto, porque era muito bom", disse o bad boy do pop inglês à Real Radio, em referência ao anos em que foi viciado em cocaína, ecstasy e álcool. "Alguns dos melhores momentos da minha vida aconteceram sob a influência das drogas... E eu não estou dizendo ´saiam e usem drogas, crianças´, mas eu curtia as drogas", diz Willians na entrevista que será transmitida no dia de Natal.Williams ficou famoso na cena do pop britânico como membro da banda Take That, uma das mias bem sucedidas boys bands dos anos 1990. Ele teve problemas com drogas várias vezes no período entre o fim do grupo, em 1996, e o início de sua carreira solo. Seu vício tornou-se tão grave que seu colega Elton John interveio para mandá-lo a uma clínica de reabilitação.Williams tem uma boa carreira solo, tendo vendido mais de 32 milhões de álbuns pelo mundo e regularmente fica no topo das paradas britânicas. Quando perguntado se ele estava confiante em ficar longe das drogas e do álcool, Williams, de 30 anos, respondeu que "Não, eu não estou confiante".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.