Candidatos a júri de Jackson têm ligação com o cantor

Alguns candidatos a participar do júri no caso em que o astro pop Michael Jackson está sendo acusado de molestar um menor de idade têm ligações com o rancho Neverland, onde o cantor mora, de acordo com documentos divulgados pelo tribunal. As respostas aos questionários que os candidatos a jurados preencheram também revelaram que um em cada sete daqueles que ainda participam do processo de seleção tem amigos ou parentes que conhecem Jackson. Os questionários, de sete páginas, que foram completados na semana passada, têm como objetivo assegurar que o cantor tenha um julgamento justo.Os questionários preenchidos por 242 jurados em potencial mostraram que alguns têm filhos que já visitaram o rancho do cantor. Uma candidata a jurada, de 47 anos, disse que um de seus filhos trabalhou em Neverland, enquanto outro filho, de 15 anos, visitou a propriedade para "cavalgar e passar o tempo".Outra disse que sua filha, deficiente física, foi a Neverland numa excursão de sua escola, mas afirmou que Jackson "não estava presente" na ocasião. Um jurado de 70 anos escreveu: "Seu tio é meu amigo". Outro candidato a jurado disse que é amigo de um primo de Jackson, enquanto outro homem revelou ter trabalhado com um bombeiro que já foi empregado em meio expediente em Neverland.Os questionários cobriam tópicos que iam de experiências pessoais como vítima de abuso sexual a preconceito racial, que poderiam interferir com a capacidade de o candidato desempenhar a função de jurado. Quase nove entre dez potenciais jurados disseram ter assistido ou lido notícias sobre o caso.A seleção do júri deve continuar na semana que vem, depois de uma interrupção de uma semana. O julgamento tinha sido adiado por causa de uma morte na família do principal advogado de defesa de Michael Jackson, Tom Mesereau.Jackson, de 46 anos, negou as dez acusações de molestar menores e conspiração. O julgamento acontece em Santa Bárbara, na Califórnia.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2005 | 12h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.