Tiago Queiroz/ Estadão
Tiago Queiroz/ Estadão

Canção inédita de Vander Lee é lançada no dia em que o compositor faria 55 anos

'A Vida Não São Flores' será lançada nesta quarta, 3, em todas as plataformas

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de março de 2021 | 09h02

O cantor e compositor Vander Lee, morto aos 50 anos em 2016, costumava fazer registros em áudio de suas obras. Exatamente por essa sua forma de guardar as canções é que o público será brindado por uma música inédita nesta quarta-feira, 3, dia em que o mineiro de Belo Horizonte faria 55 anos. A Vida Não São Flores será lançada em todas as plataformas.

Single será acompanhado por um lyric vídeo criado por Guili Seara com base no manuscrito original da letra, unindo a fotos, colagens e imagens de arquivo para montar a animação. A base da gravação tem a voz de Vander Lee, com produção musical de Felipe Fantoni, mixagem de Walter Costa, masterização de Leonardo Nakabayashi (Shina). O arranjo de cordas tem a assinatura de Éneias Xavier (elétrico e teclados), produtor dos dois últimos álbuns de Lee, o baixo ficou por conta de Felipe Fantoni, Richard Neves no mellotron e teclado e Helton Lima, bateria.

Haverá ainda dois outros projetos que serão lançados dentros das homenagens a Vander Lee. Será o caso do álbum Canta Vander Lee, da cantora Laura Catarina, filha do compositor, e um concerto da Orquestra Ouro Preto, com as canções do disco No Balanço do Balaio, o segundo da carreira do músico mineiro.

 

Trajetória

Nascido em 3 de março em Belo Horizonte, Minas Gerais, Vander Lee começou sua trajetória na música tocando em bares e participando de festivais, nos anos 1980. O impulso na carreira se deu ao ficar em segundo lugar no festival Canta Minas, em 1996, com a música Gente Não É de Cor. Daí surgiu a oportunidade para gravar o primeiro CD Vanderly, que era como assinava seu nome no início. A partir do segundo álbum, No Balanço do Balaio, passa a assinar como Vander Lee.

Foi apadrinhado por Elza Soares, que incluiu em seu repertório a música Subindo a Ladeira (parceria com Rossana Decelso), o que fez com que Vander Lee participasse de shows da cantora em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

E foi conquistando intérpretes pelo Brasil, com canções gravadas por nomes como Alcione, Ana Vilela, César Menotti e Fabiano, Chico Lobo, Daniela Mercury, Dudu Nicácio, Elba Ramalho, Elza Soares, Fábio Júnior, Flávio Venturini, Gal Costa, Ivânia Catarina, Laura Catarina, Leila Pinheiro, Lokua Kanza, Luiza Possi, Lula Ribeiro e Fernanda Takai, Marcos Catarina, Margareth Menezes, Maria Bethânia, Maria Eugênia, Mariene de Castro, Vanusa e Zeca Baleiro.

Letra A vida não são flores 

(Vander Lee)

Todo mundo quer fazer sucesso

Mas ninguém quer pagar o preço

Todo mundo quer o faz de conta

Mas quem vai pagar a conta

*

Todo mundo quer o impossível

Mas alguém tem que correr perigo

Todo mundo quer beber comigo

Mas quem vai me levantar quando eu cair

*

A vida não são flores baby

A vida são dores também

A vida não são flores baby

A vida são dores também

*

Pra toda delícia, há censura

Pra toda entrada, há saída

Pra toda razão, há loucura

Pra todo peso, há medida

*

Todo mundo quer dormir juntinho

Mas ninguém quer acordar com o ronco

Todo mundo quer comer o fruto

Mas ninguém quer subir no tronco

*

Todo mundo quer viver de amor

Mas ninguém quer o sacrifício

Todo mundo cobra (quer) o meu sorriso

Mas quem vai estar por perto quando a dor chegar

*

A vida não são flores baby

A vida são dores também

A vida não são só flores baby

São dores também

*

Pra toda delícia, há censura

Pra toda entrada, há saída

Pra toda razão, há loucura

Pra todo peso, há medida

**

Lembrando Vander Lee

 

Tudo o que sabemos sobre:
músicaVander LeeElza Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.