Canção dos Beatles viajará pelo Universo

'Across the universe' demorará 430 anos para chegar à estrela Polaris

EFE

05 Fevereiro 2008 | 02h46

A canção "Across the Universe", dos Beatles, iniciou às 21h59 (de Brasília) de desta segunda-feira uma longa viagem pelo universo, em um dos atos da Nasa para celebra seus 50 anos de existência. A transmissão durou quatro minutos, mas demorará 430 anos para chegar à estrela Polaris, informou Alan Buis, porta-voz do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da agência espacial americana.   A Nasa decidiu transmitir "Across the Universe" pelo espaço para celebrar seus 50 anos de existência, o nascimento dos Beatles, e os 40 anos da canção. A agência espacial americana informou em uma nota que a música dos Beatles viajará pelo espaço a 300 mil quilômetros por segundo.   "Este é o melhor dia para transmitir uma canção que fala de amor e que não é só para a Terra, mas para todo o universo", disse Martin Lewis, um fã dos Beatles que idealizou a transmissão de "Across the Universe" pelo espaço e mostrou sua idéia às autoridades da Nasa.   "Eles se entusiasmaram porque este ano são comemoradas muitas proezas da Nasa e ao mesmo tempo é o aniversário de 40 anos do dia em que a canção foi gravada", acrescentou.   Os Beatles gravaram quatro versões de "Across the Universe", e a primeira delas foi a escolhida para a transmissão à estrela Polaris, informou a Nasa. O ex-beatle Paul McCartney disse na semana passada que a idéia de lançar a canção ao espaço era fabulosa, e pediu à Nasa que transmitisse suas "saudações aos extraterrestres".   A viúva de John Lennon, Yoko Ono, assinalou que a transmissão da música tema é um acontecimento importante, que pode representar uma "nova era" no contato com o espaço. "Vejo isto como o começo de uma nova era na qual nos comunicaremos com bilhões de planetas por todo o Universo", disse a artista.

Mais conteúdo sobre:
Nasa Beatles McCartney

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.