Reuters
Reuters

Canadá levanta proibição a clássico do Dire Straits

'Money for Nothing' foi banida em janeiro por conter gíria considerado ofensiva

estadao.com.br,

01 de setembro de 2011 | 17h31

SÃO PAULO - O Canadian Broadcast Standards Council (Csbc), organização independente que regula e administra as emissores de rádio e televisão do Canadá, levantou na tarde de ontem a proibição à canção "Money for Nothing", sucesso do Dire Straits lançado em 1985.

 

No último mês de janeiro, a música, que integra o clássico álbum Brothers in Arms foi banida das rádios do país quando um ouvinte da estação CHOZ-FM, na região leste do Canadá, questionou o uso da palavra faggot na letra de "Money for Nothing". O termo é uma gíria para "homossexual", e é considerada pejorativa.

 

Fãs da banda e dezenas de radialistas manifestaram indignação com o banimento, revertido seis meses depois. Com a decisão, as rádios podem escolher entre tocar a versão original da música, ou uma versão alternativa, em que a gíria é silenciada.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Dire StraitsCanadáMoney for Nothing

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.