Campos do Jordão, centro musical por um mês

Será aberto oficialmente neste fim de semana o 31.º Festival de Inverno de Campos do Jordão que durante todo o mês de julho fará da cidade o centro musical do Estado de São Paulo. Sábado, às 17 horas, na pré-abertura do festival, a Orquestra de Sopros apresenta-se na Praça Capivari em um concerto gratuito. A abertura oficial, às 21 horas, fica a cargo da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, regida por seu diretor, o maestro John Neschling, no Auditório Cláudio Santoro.O programa da apresentação, já interpretado na semana passada na Sala São Paulo, faz um panorama da produção musical dos fins do século passado e início do século 20, no gênero poema-sinfônico. A orquestra executa Finlândia, de Jean Sibelius, Iberia, de Isaac Albéniz, La Valse, de Maurice Ravel, e I Pini di Roma, de Ottorino Respighi. Além de serem peças que marcaram época pela habilidade de seus compositores em recriar ambientes nacionais a partir da música, as obras mostram também, a habilidade dos autores em orquestrar suas composições. A TV Cultura transmite o concerto ao vivo, a partir das 20h30.No domingo, também no Auditório Cláudio Santoro, o pianista Arthur Moreira Lima e a Orquestra do Projeto Guri dão continuidade às atividades do festival. Juntos, eles interpretam na primeira parte do concerto, um programa com peças de compositores populares, com destaque para Adoniram Barbosa, Tom Jobim, Villa-Lobos e Vinícius de Morais. Na segunda parte, Moreira Lima toca Chopin, Liszt e Radamés Gnatalli.Esta não é a primeira vez que Arthur Moreira Lima se apresenta com o grupo. Acostumado à mistura da música orquestral com a música popular, o pianista participou, no ano passado, do concerto de comemoração do lançamento do primeiro CD do grupo.Novidades - Nos últimos anos, o Festival de Campos do Jordão tem recebido críticas relacionadas ao fato de, cada vez mais, as atrações de música popular aparecerem em maior número que as de música erudita. Segundo o diretor do festival, o maestro Antonio Carlos Neves, este ano houve uma tentativa de equilíbrio. O destaque é para o canto lírico, com a presença de artistas brasileiros de expressão no gênero, seja no Brasil ou no exterior. A soprano Rosana Lamosa e o tenor Fernando Portari apresentam-se, juntos, em recital no dia 20. No dia 28, será a vez da soprano radicada na Bulgária Eliane Coelho, nome expressivo do canto lírico na Europa, apresentar-se, acompanhada da Orquestra de Câmara Paulista sob a regência de Abel Rocha, em recital com as Quatro Últimas Canções, de Richard Strauss, uma das mais significativas obras do repertório para soprano e orquestra. A montagem da ópera de Camargo Guarnieri Pedro Malazarte, que estreou em São Paulo em maio, será encenada no dia 13.Na música orquestral, o destaque, além da presença da Osesp - que abre e encerra o festival no dia 29 com a Sinfonia n.º 9, de Beethoven -, a vinda da Orquestra e do Coro do Teatro Argentino: serão mais de 200 pessoas no palco para a interpretação, no dia 22, da Sinfonia n.º 2, de Mahler. Vale ressaltar, ainda, a presença da Orquestra Jazz Sinfônica (dia 15), da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo (16), das Sinfônicas de Ribeirão Preto (12), Santo André (19) e Campinas (21), da Orquestra de Câmara de Tatuí (26) e da Camerata Amadeus (27). E, no dia 14, o pianista vietnamita Dang Thai Son, penúltimo vencedor do concorrido Concurso Chopin, apresenta o concert Um Poeta no Piani.Na música popular, o festival reservou boas alternativas: Moraes Moreira e sua banda (dia 15), Altamiro Carrilho e Regional (16), Guga Stroeter e Heartbreakers (22) e Trovadores Urbanos (23). Os preços dos ingressos para os espetáculos variam de R$ 5 a R$ 10 e podem ser adquiridos no Auditório Cláudio Santoro ou no posto de vendas da Praça Capivari. Outra novidade do festival para este ano é o seu site: http://www.culturapress.com.br.31.º Festival de Inverno de Campos do Jordão. Sábado, às 17 horas, Orquestra de Sopros. Grátis. Praça do Capivari. Avenida Macedo Soares s/n.º; às 21 horas, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. R$ 10,00. Auditório Cláudio Santoro. Avenida Doutor Arrobas Martins, 1.880; domingo, às 12 horas, Tom da Terra. Grátis. Praça do Capivari; às 17 horas, Arthur Moreira Lima e Projeto Guri. R$ 5. Auditório Cláudio Santoro. Informações pelo tel. (12) 262-2334

Agencia Estado,

06 de julho de 2000 | 19h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.