REUTERS/Carlo Allegri
REUTERS/Carlo Allegri

Camila Cabello leva os prêmios principais do VMA 2018

Cantora cubana levou com 'Havana' os prêmios de artista e vídeo do ano no MTV Video Music Awards 2018; veja as apresentações de Ariana Grande, Nicki Minaj e Travis Scott

Reuters

21 de agosto de 2018 | 10h23

Nem Beyoncé, nem Drake, nem Bruno Mars: a grande vencedora do MTV Video Music Awards (VMA) 2018 foi a cantora de origem cubana Camila Cabello, com dois dos principais prêmios agora na estante: artista do ano e vídeo do ano, pelo hit Havana.

“Não acredito que isto é para mim”, disse Camila, que deixou o grupo Fifth Harmony no final de 2016 para lançar sua carreira solo.

A rapper Cardi B foi eleita a melhor nova artista e levou o prêmio de música do verão pelo hit dançante I Like It, parceria com J Balvin e Bad Bunny. Cardi B, de 25 anos, fez sua primeira aparição pública desde que deu à luz em julho, e estava indicada a 10 prêmios. Ela apresentou uma parte do prêmio e foi a primeira a chegar ao tapete vermelho.

“Alguns meses atrás as pessoas estavam dizendo ‘você está arriscando sua carreira tendo um filho’”, disse. “Tive um filho... e agora continuo ganhando prêmios.”

A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira, 20, no Radio City Music Hall em New York.

Outros vencedores do VMA 2018

O maior vencedor da noite foi Childish Gambino, nome artístico musical do ator Donald Glover, que levou três estatuetas por This Is America, vídeo contundente sobre a identidade negra e a brutalidade policial.

Mas, a maioria dos troféus foram para categorias técnicas, como coreografia e direção.

APESHIT, vídeo muito comentado de Beyoncé e Jay-Z gravado dentro do Louvre, em Paris, tendo como pano de fundo algumas das obras de arte mais famosas do mundo, só venceu duas de suas oito indicações.

O rapper canadense Drake, um dos artistas mais populares em termos de venda e streaming, saiu de mãos vazias, assim como Bruno Mars, vencedor de vários prêmios Grammy.

Mars, Drake, Gambino, Beyoncé e Jay-Z não compareceram à premiação na cidade de Nova York, que teve apresentações de Ariana Grande — vencedora do prêmio de melhor vídeo pop por No Tears Left to Cry —, Nicki Minaj, Aerosmith, Shawn Mendes e Travis Scott.

Jennifer Lopez fez a plateia dançar com um medley de seus maiores sucessos ao receber o prêmio anual Vanguard, nomeado em homenagem a Michael Jackson, por seus 20 anos na indústria do entretenimento.

Entretanto, uma homenagem planejada para Aretha Franklin após sua morte na semana passada se limitou a um discurso de Madonna e um vídeo curto do início de sua carreira.

Veja as apresentações do VMA 2018

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.