Caixa comemorativa inclui disco inédito de Gil

A Warner vai lançar, como umaedição comemorativa dos 60 anos de Gilberto Gil, uma caixa com28 discos do compositor, incluindo uma preciosidade: o álbumNightingale, gravado nos Estados Unidos em 1978, pelo seloElektra Records, e jamais lançado no Brasil. "Me lembro bem da gravação, estávamos em plena Copa doMundo de 1978, na Argentina", conta Gil. Nightingale foi aprimeira tentativa do baiano de conquistar a América, umaestratégia bolada por Sérgio Mendes. "Ele tentava replicar a experiência do artistabrasileiro bem-sucedido lá, coisa que tinha acontecido com elepróprio", diz Gil, lembrando que Mendes já tinha tentado algosemelhante com Jorge Ben Jor. "Mas não era um projeto que euacalentasse, não", diz. Gil morou um ano em Los Angeles para tentar emplacar nosEstados Unidos. Gostou da experiência, conta, porque tevecontato com todo o mundo musical da cidade - gente como KentDuncan e Don Grusin. Mas só conseguiu conquistar a América maisde 20 anos depois, ao ganhar o Grammy, o maior prêmio daindústria fonográfica americana. Nightingale ficou todos esses anos embargado pelagravadora americana e só agora foi liberado para relançamento. Éo 17.º álbum de Gil e tem as seguintes canções: Sarará(Gilberto Gil), Goodbye My Girl (Péricles Santana, MoacyrAlbuquerque e Gilberto Gil), Ela, Here and Now,Bah-lah-fon e Alapalá - The Myth of Shango (todas deGilberto Gil), Maracatu Atômico (Nelson Jacobina e JorgeMautner), Move Along with Me (Gil), Nightingale (Gil eMautner) e Samba de Los Angeles (Gilberto Gil). Nightingale é o nome inglês para o rouxinol, pássarocelebrado pelas mitologias grega, chinesa e japonesa. "A belezade seu canto iluminando a escuridão da noite faz a genteesquecer os perigos do dia", escreveu Mendes, no encarte doálbum. O disco foi gravado, mixado e masterizado no estúdioKendun Recorders em Burbank, na Califórnia, no outono de 1978. A caixa da gravadora Warner é a segunda parte de umacoletânea de discos distribuída em 1999 pela gravadoraUniversal. Inclui também sobras de estúdio e algumas cançõesinéditas de Gil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.