Caetano Veloso ganha 2 Grammys Latinos por 'Cê'

Caetano Veloso foi o destaquebrasileiro na entrega do Grammy Latino, na noite dequinta-feira, ao conquistar dois prêmios em uma cerimôniamarcada por um encontro de novas e velhas gerações da músicacaribenha. "Cê", de Caetano, foi escolhido como Melhor Álbum deCantor-Compositor, superando os concorrentes Jorge Drexler ("12Segundos De Oscuridad"), Amaury Gutiérrez ("Pedazos De Mí"),José Luis Perales ("Navegando Por Ti") e Silvio Rodríguez("Érase Que Se Era") na votação da Academia Latina de Artes eCiências Fonográficas. O outro prêmio recebido por ele foi pela música "Não MeArrependo", do álbum "Cê", eleita a Melhor Canção Brasileira. O maestro John Neschling, da Orquestra Sinfônica do Estadode São Paulo (Osesp), foi o outro artista do país premiado nacategoria internacional. Seu trabalho "Beethoven AberturaConsagração Da Casa Sinfonia No 6" venceu como Melhor Álbum deMúsica Clássica. O prêmio de Neschling foi dividido com "La CanciónRomántica Española", de Carlos Caballé. O dominicano Juan Luis Guerra foi o grande vencedor danoite, com cinco estatuetas, inclusive Álbum do Ano ("La Llavede Mi Corazón"), Gravação do Ano e Canção do Ano. Guerra disseque esse é seu disco "mais romântico". Houve um prêmio tambémpara a engenharia de som desse álbum. A Academia Latina escolheu Guerra, há quase 20 anos nalinha de frente dos ritmos dominicanos, como "Personalidade doAno". "Acho que o merengue nunca vai sair de moda, assim como asalsa e a bachata (outros ritmos locais)", disse Guerra. RICKY MARTIN A provocativa dupla porto-riquenha Calle 13 ganhou doisprêmios -- Melhor Música Urbana, "Pal Norte", e Melhor ÁlbumMusical, "Residente o Visitante", que mistura o reggaetoncaracterístico do duo com cumbia, bossa nova e outros gêneroslatinos. "É importante chacoalhar a música latina para que novascoisas apareçam", disse René "Residente", com suas tatuagens ecabeça raspada. Outro porto-riquenho, Ricky Martin, ganhou os Grammys deMelhor Álbum Pop Masculino e de melhor Vídeo Musical -- o seu"MTV Unplugged". Coube a ele abrir a cerimônia do oitavo GrammyLatino, cantando duas músicas. A italiana Laura Pausini ganhou o prêmio de Melhor ÁlbumPop Feminino, por "Yo Canto", em espanhol. Do México, a duplaJesse e Joy foi escolhida Revelação por "Esta Es Mi Vida",assumidamente influenciada por sonoridades dos anos 1970, pelopop-rock e pelo folk. La Quinta Estación, banda formada por espanhóis radicadosno México, levou o prêmio de Melhor Disco de Grupo Pop, "ElMundo se Equivoca". O Grammy Latino tem uma premiação dedicada exclusivamente àmúsica brasileira. Veja a seguir os vencedores desses prêmios: -- Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro: Acústico MTV -- Lenine -- Melhor Álbum de Rock Brasileiro: Acústico MTV -- Lobão -- Melhor Álbum de Samba/Pagode: Acústico MTV 2 -- Gafieira Zeca Pagodinho -- Melhor Álbum de Música Popular Brasileira: Ao Vivo -- Leny Andrade & Cesar Camargo Mariano -- Melhor Álbum de Música Romântica: "Eternamente Cauby Peixoto -- 55 Anos De Carreira" -- CaubyPeixoto -- Melhor Álbum de Música Regional ou de RaízesBrasileiras: Balé Mulato Ao Vivo -- Daniela Mercury -- Melhor Canção Brasileira (Língua Portuguesa) "Não Me Arrependo" -- Caetano Veloso (álbum Cê) -- Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa: Caminho De Milagres -- Aline Barros

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.