Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Caetano Veloso e Gilberto Gil sobem ao palco juntos no festival de Montreux de 2015

Festival apresenta a dupla como um dos grandes destaques do ano

Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

16 de abril de 2015 | 09h19

MONTREUX - O Festival de Jazz de Montreux de 2015 levará aos palcos a dupla Caetano Veloso e Gilberto Gil e anuncia o evento como um dos principais destaques de sua programação no ano. Nesta quinta-feira, 16, os organizadores do prestigioso festival apresentaram sua agenda de shows.

A parada em Montreux faz parte da turnê que os dois músicos anunciaram e que foi batizada de " Dois Amigos, Um Século de Música". A viagem da dupla começa justamente pela Europa e apenas no segundo semestre é que desembarca no Brasil, em shows em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

Montreux será, no fundo, uma das primeiras aparições da dupla. No dia 15 de julho, o Auditório Stravinsky da pequena cidade suíça vai cobra raté 900 reais por ingresso para ver Caetano & Gil.  Quem comprar o ingresso ainda poderá assistir ao show de Maria Gadú, que abre a noite.

" A aventura musical e política de Caetano Veloso & Gilberto Gil é a prova de que algumas amizades são de fato momentos de virada ", apontou um comunicado do festival.

" O Brasil não poderia ter feito nada para nos deixar mais exitados que esse diálogo em violão e voz entre os dois filhos mais famosos da Bahia ", indicou. " As personalidades líderes do Tropicalismo estão uma vez mais juntos no palco para um evento que fará uma parada em Montreux ", declarou a organização do festival, apresentando Caetano & Gil como " irmãos ".

Montreux destaca ainda como ambos usaram a " subversão " os uniu na criatividade e que nem o regime militar conseguiu lidar com eles. " Isso levou à prisão e ao exílio ", destacam. " Mas essa adversidade fez sua música ainda mais forte ", apontaram os organizadores.

Para eles, a dupla continua inspirando artistas pelo País e " continuam escrevendo a história do Brasil todos os dias ".

Gil revelou ao Estado que Montreux teve um papel fundamental em sua carreira. Em sua primeira aparição no palco suíço, ele estava prestes a abandonar a música, em 1973. Mas a repercussão de seu show acabou fazendo com que ele mudasse de ideia.

Agenda. Mas os brasileiros não serão os únicos destaques. Em 17 dias à beira do Lago Leman, Montreux trará uma dupla inusitada : Gaga & Tony Bennett, além de Chick Corea & Herbie Hancock. A programação ainda inclui Chemical Brothers, Quincy Jones, Santana, Sinéad O'Connor, Lenny Kravitz, Jackson Browne, Lionel Richie e Dianne Reeves. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.