Caetano lança DVD e anuncia disco com Jorge Mautner

No camarim do Teatro Castro Alves, em Salvador, Caetano Veloso se prepara para o bis. Ao fundo, ouve-se a platéia cantar Parabéns para Você. É a noite do dia 6 de agosto de 2001, véspera do aniversário do cantor ecompositor baiano. Enquanto repassa a lista das músicas aindapor tocar, Caetano recebe a notícia: "Jorge Amado morreu", lhediz a mulher, Paula Lavigne. Corta. Surgem no mesmo palco, jáno dia seguinte, Caetano e sua banda. Em homenagem ao escritor,executam Milagres do Povo. "Ele (Amado) é um homem que foitão feliz e soube expressar tão bem a felicidade dele que, mesmochorando, a gente só pode comemorar", diz o cantor para opúblico. A cena, emocionante, está entre os extras trazidos peloDVD Noites do Norte ao Vivo, lançamento da Universal Music,que chega às lojas esta semana.Na noite de segunda-feira, o cantor recebeu a imprensapara exibição de trechos do DVD, na sede da gravadora, na Barrada Tijuca, zona oeste do Rio. "Eu mesmo ainda não vi inteiro",confessou, alegando dificuldades com a tecnologia. "Estouaprendendo a mexer devagar. Não tenho pressa." O show, que járodou o Brasil, será apresentado ao mundo no segundo semestre. AEuropa poderá assisti-lo em junho e julho. Em setembro, é a vezda turnê norte-americana. "Ou estadunidense. Nem sei comochamar. Esse país (EUA) não tem nome", brincou Caetano, querecebeu platina pela vendagem de seu DVD anterior, PrendaMinha. Foram 70 mil cópias. Também no segundo semestre deve seapresentar com a irmã Maria Bethânia, Gal Costa e Gilberto Gil,num revival dos Doces Bárbaros. Mas sem turnê.Para breve, anuncia novo disco, uma parceriacom o escritor, compositor e cantor Jorge Mautner. "Estamosproduzindo um repertório. Haverá músicas novas, mas quero gravarcoisas dele, o que nunca fiz. Maracatu Atômico é um sonhoque todo mundo deveria ter. É irresistível", afirma, para emseguida elogiar a versão dos pernambucanos Chico Science e NaçãoZumbi. "É maravilhoso que tenham feito. É maracatu mesmo." Asgravações, diz Caetano, podem começar na semana que vem.Comentou ainda a participação no próximo filme do cineastaespanhol Pedro Almodóvar, em que aparece cantando, e falou domovimento hip hop, que considera de grande potencialrevolucionário em termos culturais e compara ao samba, nascidonos morros cariocas.Carnaval - Caetano falou também de sua vontade de fazer um discocom músicas carnavalescas da Bahia, uma espécie de antologia doque se produziu a partir dos anos 60 até hoje. A lista évariada: Moraes Moreira, Banda Reflexus, Timbalada, CarlinhosBrown, Netinho, Luís Caldas. "Banda Eva com Ivete (Sangalo),Ivete sem Banda Eva. Todo esse mundo extremamente rico. Umgrande e denso repertório carnavalesco à altura da grandetradição brasileira, uma demonstração de saúde cultural enorme", diz Caetano, sem poupar a crítica especializada pelo queconsidera "má vontade" com o universo do axé."Hoje há um abismo entre a minha vontade e a má vontadegeral da crítica em relação ao axé. Não tenho palavras parapreencher esse abismo." E por que o autor de Atrás do TrioElétrico não produz mais para o carnaval? "O carnaval foi setransformando e esse pessoal, como o Carlinhos Brown, sabe fazermelhor. Não me senti necessário nem competente", responde,humilde.Além da homenagem a Jorge Amado, o DVD também traz comoextras uma entrevista com o cantor feita pelo seu filho Zeca ecenas domésticas de seu aniversário. O show em si é composto por28 canções, de antigos sucessos (como Tigresa, Língua,Tropicália, Gente e Trem das Cores) aos maisrecentes, como Haiti, Rock´n´Raul e Noites do Norte.Há também covers, que vão de Magrelinha, de Luís Melodia,passando por uma versão do funk Tapinha, até Como UmaOnda, de Lulu Santos, que comparece para um dueto, cabeloscombinando com a calça vermelha, tímido como diante de um ídolo.Na banda, destaque para Jaques Morelenbaum e seu violoncelloeletrônico. Os shows que estão no DVD foram gravados em SãoPaulo e na Bahia, sob direção de Carlos Nader e Carlos MangaJúnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.