Caetano e Roberto Carlos cantam juntos em homenagem à bossa nova

Uma grande exposição tecnológicapromete contar a história da bossa nova, a partir de julho, noparque Ibirapuera, em São Paulo, como parte de um extensocalendário de eventos que terá também o encontro inédito nopalco de Caetano Veloso e Roberto Carlos. A exposição, que ficará por dois meses no pavilhão da Oca,terá acervos audiovisuais, depoimentos de artistas eperformances musicais históricas, informaram os organizadoresnesta quinta-feira. A mostra terá como premissa a interatividade, comojukeboxes para os visitantes ouvirem composições da bossa nova,incluindo várias versões de uma mesma música ou outras menosconhecidas do movimento formado há 50 anos. A direção da exposição é de Marcello Dantas, artistaresponsável pelo Museu da Língua Portuguesa, e do premiadovideomaker Carlos Nader. O calendário de comemorações dos 50 anos de bossa nova foicriado pelo Itaúbrasil, uma plataforma de eventos lançada nestamanhã, com o objetivo de difundir a cultura brasileira. Em agosto, será o encontro de Roberto Carlos e CaetanoVeloso para homenagear Antônio Carlos Jobim, em três únicasapresentações -- dia 15 no Theatro Municipal do Rio de Janeiroe dias 25 e 26 no Auditório Ibirapuera, em São Paulo. "Pela primeira vez na história, dois cantores e ídolos damúsica popular brasileira se reúnem em tributo ao maestrosoberano", disse o musicólogo Zuza Homem de Mello, um doscuradores da programação, em nota de divulgação. Outro show do calendário é uma homenagem a João Donato pornovos intérpretes da música brasileira, como AdrianaCalcanhotto, Bebel Gilberto, Fernanda Takai e Marcelo D2. Serãotrês concertos, em julho, no Rio e São Paulo. Embora lançado nesta quinta-feira, a nova plataformaItaúbrasil começou a ser implementada em março, com um showdedicado à bossa nova que reuniu 60 mil pessoas na praia deIpanema. A nova empresa também é responsável pelos shows de JoãoGilberto no país, anunciados recentemente. Dias 14 e 15 deagosto João Gilberto toca no Auditório Ibirapuera, dia 24 noTheatro Municipal carioca, e dia 05 de setembro no TeatroCastro Alves, em Salvador. (Por Fernanda Ezabella)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.