Brown promete surpresa no Rock in Rio

Uma surpresa: é o que promete o músico e compositor Carlinhos Brown para a apresentação que fará no palco da terceira edição do Rock in Rio, no dia 14 de janeiro. "Todo show é diferente, mas eu sei que madeira vai gemer, afinal, estou esperando isso há muito tempo", afirmou o cantor em entrevista coletiva realizada hoje na Cidade do Rock, em Jacarepaguá, na qual anunciou sua participação no festival no Palco Mundo.Segundo Brown, o Brasil não o conhece como artista de palco. Para ele, o sistema de shows no País está muito ligado à exposição e ao que está tocando nas rádios e TVs. "Isso dá muita vazão às armações do mercado; eu procuro tocar em lugares onde as pessoas estão mais interessadas na música, e não nas armações." Brown diz "ser maravilhoso" tocar no Rio e que um show como o do Rock in Rio é do tamanho do seu pensamento, ainda que o tempo estipulado seja de 50 minutos. "Esse é o tempo padrão dos festivais da Europa e dos Estados Unidos; em ocasiões como essa, um músico tem de pensar no todo", reflete o cantor.Ele lembra que na primeira edição do Rock in Rio, em 1985, ele estava no fundo do palco à espera do que seria decidido sobre uma possível jam session reunindo Gilberto Gil e Rod Stewart. "Gil decidiu não subir ao palco pois havia uma previsão de Nostradamus anunciando que uma reunião como aquela poderia causar problemas", relembra Brown. O cantor justifica que, na ocasião, seria apresentado algo muito novo e com uma massa sonora poderosa. Essa sensação só pôde ser experimentada pelo público em um show realizado semanas depois em Porto Seguro. "É a lei do tempo", diz Brown. "Pisei no primeiro degrau, subi até aqui neste fim de século para celebrar o terceiro milênio; acho que vai ser assim minha apresentação", completa.O músico tocará canções de sua carreira e aproveita para mostrar as novas composições que farão parte de seu próximo trabalho, ainda sem nome. "Por enquanto, o nome do CD é CD mesmo", brinca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.