Tony Avelar/AP
Tony Avelar/AP

Britney Spears é processada nos EUA por descumprir contrato

Marca quer US$ 10 milhões da cantora por ter lançado perfume com outra empresa

Estadão.com.br,

31 de março de 2011 | 11h48

Um processo foi aberto no Tribunal Superior de Justiça de Los Angeles acusando a cantora Britney Spears, de 29 anos, de ignorar uma parceria com a marca Brand Sense quando assinou contrato com a gigante de cosméticos Elizabeth Arden pelo perfume Radiance.

 

Britney e o pai dela, Jamie Spears, estão sendo processados por serem "sorrateiros e dissimulados", deixando a Brand Sense - com quem eles tinham um contrato de US$ 15 milhões dólares por ano - a ver navios, já que o combinado era que a empresa deveria obter 35% do lucro da pop star por qualquer contrato em relação a perfumes.

 

"Britney secretamente fez um acordo separado com a Elizabeth Arden, em um esforço para contornar sorrateiramente e escapar de suas obrigações para com a Brand Sense. Efetivamente, Britney, indevidamente e ilegalmente, cortou a Brand Sense do negócio com a Elizabeth Arden", diz um trecho da ação.

 

O processo, obtido pelo site RadarOnline.com, também diz: "A Brand Sense tinha o direito contratual de uma comissão de 35% em qualquer fragrância de Britney Spears com a marca Elizabeth Arden. Mas o Sr. Spears reclamou que a comissão era muito alta, e que Britney não queria pagá-la".

 

A empresa alega que Britney e Jamie estão em um "esquema fraudulento". A ação judicial busca uma indenização compensatória e punitiva de US$ 10 milhões. (As informações são do Bang Showbiz)

Tudo o que sabemos sobre:
britney spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.