Britney Spears e Kevin Federline acertam divórcio

Britney Spears e Kevin Federline chegaram a um acordo para seu divórcio, confirmou nesta sexta-feira, 30, um porta-voz dos advogados do dançarino americano. O acordo, que encerra dois anos de casamento, foi o resultado de uma reunião de cinco horas entre os advogados da cantora e de Federline. Eles assinaram "um acordo global relativo a todos os temas de seu casamento", inclusive assuntos financeiros e a custódia dos dois filhos, disse o advogado, Mark Vincent Kaplan, sem oferecer amis detalhes. Na semana passada, a cantora completou seu programa de reabilitação na luxuosa clínica Promises Malibu Treatment Center, onde estava internada há um mês por conta de seu vício em álcool e drogas. Britney, de 25 anos, ingressou no Promises em 21 de fevereiro, depois de um comportamento público cada vez mais excêntrico. Fase difícil Na semana que terminou com sua internação no Promises, Britney havia passado menos de um dia no centro de reabilitação Crossroads, de Eric Clapton, em Antígua. Ela então voltou a Los Angeles, onde raspou sua cabeça em um salão de beleza, foi para o Promises em 20 de fevereiro e deixou o lugar na manhã seguinte, mas voltou no mesmo dia. De acordo com o tablóide News of The World, a pop star teria tentando suicídio durante sua estadia no centro. Com o número "666" escrito na cabeça, Britney tentou se enforcar com um lençol, gritando "eu sou o anticristo", publicou o jornal. A estrela entrou com o pedido de divórcio de seu segundo marido, Kevin Federline, em novembro de 2006, depois de dois anos de casamento e dois filhos, Sean Preston e Jayden James. Após a separação, ela foi fotografada sem calcinhas em clubes noturnos, junto com celebridades como a modelo Paris Hilton. Sua carreira musical está adormecida. Ela lançou seu último álbum, In the Zone, em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.