Britney Spears deve US$ 372.500 a advogados

A quantia irá servir para compensar os advogados que auxiliaram a cantora e será retirada de sua fortuna

Ansa

18 de abril de 2008 | 16h27

A cantora norte-americana Britney Spears terá de pagar a seus advogados pelo menos US$ 371.500 (R$ 622 mil), segundo estabeleceu a juíza Reva Goetz, da Suprema Corte de Los Angeles. A quantia irá servir para compensar os advogados que auxiliaram Britney Spears e será retirada de sua fortuna, sob o controle do pai, James Spears, e do advogado Andrew Wallet desde janeiro deste ano, quando a cantora foi internada duas vezes devido a problemas com álcool e drogas.

Tudo o que sabemos sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.