Britney Spears continuará sem poder ver os filhos

Decisão será mantida até nova audiência em fevereiro; cantora se negou a depor

Efe,

15 de janeiro de 2008 | 02h44

Um juiz de Los Angeles manteve a decisão de impedir que a cantora Britney Spears visite seus filhos, depois da artista se negar a depor na batalha judicial com seu ex-marido Kevin Federline pela custódia das crianças. O juiz Scott Gordon disse que a sentença será mantida até uma nova audiência, marcada para 19 de fevereiro, disseram os advogados de Federline. A cantora deixou o lugar porque "não estava com vontade" de depor, informa o site americano especializado em celebridades TMZ.com. Spears chegou ao edifício do tribunal, com várias horas de atraso, e foi levada a um corredor subterrâneo, onde se reuniu com suas advogadas Anne Kiley e Tara Scott. Segundo fontes citadas pelo site, ela disse que "simplesmente não queria depor". O site afirma ainda que Spears chegou ao tribunal assustada. Quando saiu de seu veículo, gritou aos fotógrafos: "Saiam. Tenho medo. Parem, parem. Quero voltar para o carro. Deixem-me entrar, por favor". Na audiência, a cantora deveria ter explicado ao juiz a razão do ataque de nervos que sofreu há duas semanas, quando se negou a entregar seus filhos Jayden James e Sean Preston a seu ex-marido. Com a recusa, ela perdeu a oportunidade de pedir pessoalmente para recuperar o direito de visita. Na noite de 3 de janeiro, Spears se fechou no banheiro de sua casa com seu filho Jayden James, de 1 ano, para evitar entregá-lo ao pai. A estrela pop foi internada em um hospital, onde os médicos avaliaram seu estado mental. Segundo a polícia, Spears estava sob efeito de "uma substância desconhecida". Fontes ligadas à artista garantiram, porém, na semana passada que ela teve resultado negativo nos testes para a detecção de drogas. Após o ataque de nervos, Federline e os advogados da cantora realizaram uma audiência de urgência. O juiz tomou a decisão de retirar temporariamente o direito de Spears de visitar os filhos duas vezes por semana. Após abandonar o tribunal, Spears parou por alguns momentos na Little Brown Church e depois almoçou no restaurante Gaucho Grill, segundo o TMZ.com.

Tudo o que sabemos sobre:
Britney SpearsKevin Federline

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.