Britney Spears chega de peruca rosa para ser fichada na polícia

Estrela pop recusa convite dos policiais para usar outra porta e se desviar dos fotógrafos

Efe

16 Outubro 2007 | 16h24

A cantora americana Britney Spears cumpriu na segunda-feira, 15, à noite o trâmite de se entregar à Polícia de Los Angeles depois de ter sido acusada formalmente, em setembro, de fugir após um acidente e de dirigir sem carteira, informaram fontes policiais nesta terça, 16.   Segundo um porta-voz da polícia de Los Angeles, a cantora se mostrou disposta a colaborar e se entregou na delegacia situada em Van Nuys.   Ao chegar à delegacia, às 21h25 (23h25 em Brasília), ela foi fotografada pelos agentes, que tiraram suas impressões digitais e abriram um expediente policial.   O próximo passo para Britney será ir à primeira audiência sobre o caso, em 25 de outubro.   A cantora ficou na delegacia por 45 minutos e rejeitou uma oferta da polícia de sair pela porta de trás do edifício.   As duas acusações se referem a um acidente ocorrido em um estacionamento particular na localidade de San Fernando, em 6 de agosto. A cantora pode ser condenada a um máximo de seis meses de prisão e uma multa de US$ 1.000.   No sábado à noite, a artista voltou a bater em um carro, desta vez de um fotógrafo, mas não fugiu, pediu perdão ao proprietário e reconheceu que não dirige bem.

Mais conteúdo sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.