Britney é levada em ambulância após se negar a devolver filhos

Cantora pop e caçula são hospitalizados após escândalo no fim da visita permitida pela Justiça americana

Efe e Associated Press,

04 de janeiro de 2008 | 08h41

A problemática vida da cantora Britney Spears ganhou mais um novo capítulo nesta sexta-feira, 4, quando a popstar foi levada de sua residência por uma ambulância por intoxicação por alguma substância não identificada após a polícia ser chamada para ajudar a solucionar uma disputa de mais de três horas pela custódia dos filhos.  Veja também:Britney é retirada de sua casa em uma maca   A polícia foi chamada por volta das 22 horas (horário local) de quinta-feira porque Britney se recusou a entregar os filhos ao funcionário do seu ex-marido, o dançarino Kevin Federline, que tem a guarda legal dos menores, segundo afirmou o jornal Los Angeles Times. Britney recebeu a visita dos filhos por conta da ordem judicial que garantiu ao ex-marido a custódia provisória de Sean Preston e Jayden James. A estrela só pode vê-los sob vigilância duas vezes por semana entre o meio-dia até as 19 horas.  Os policiais tentaram por quase três horas resolver a discussão entre Britney e a escolta de Federline, responsável por transportar os meninos de volta. Após o impasse, a popstar entregou as crianças por volta das 22h50 e foi retirada da residência por uma ambulância, que a levou até um hospital na região. Segundo o site de celebridades TMZ, o filho caçula do casal, Jayden James, de dois anos, foi levado em uma segunda ambulância. Britney deve agora ser submetida a uma "avaliação psiquiátrica" e outras análises que determinarão quais substâncias podem ter sido ingeridas pela cantora.

Tudo o que sabemos sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.