Britney deixa tribunal sem recuperar guarda dos filhos

Segundo um relatório, casa da artista tem um ambiente "entre o caótico e o sombrio" e falta comunicação

Efe,

31 Outubro 2007 | 03h03

A cantora Britney Spears não conseguiu recuperar a custódia de seus dois filhos na terça-feira, 30. Ela só poderá ver Sean Preston, de 2 anos, e Jayden James, de 1, sob vigilância duas vezes por semana entre o meio-dia até as 19 horas.   Além disso, segundo a Suprema Corte de Los Angeles, a cantora poderá passar uma noite por semana com eles, da 0 hora às 10 horas. Segundo o site Tmz.com, especializado em celebridades, Britney e Kevin Federline, seu ex-marido, terão que negociar a guarda das crianças durante as férias.   Por enquanto, até a próxima audiência, marcada para 26 de novembro, Federline ficará com a custódia física dos filhos.   O juiz Scott Gordon também ordenou nesta terça-feira que, até sexta-feira, a cantora terá que provar à corte que acondicionou a piscina de sua casa para que as crianças não corram risco de se acidentar.   A audiência coincidiu com o lançamento de "Blackout", novo disco de Britney, e a divulgação do relatório apresentado por Lisa Hacker, que nas últimas semanas esteve com a cantora nos períodos em que ela ficou em companhia dos filhos.   No documento, divulgado pelo site Tmz.com, Hacker diz que a casa da artista tem um ambiente "entre o caótico e o sombrio", e que na casa "quase não há comunicação".   Por sua vez, o relatório destaca que, durante as visitas que fez a casa da artista, Britney "quase não interagiu com seus filhos, nem para conversar nem para brincar". Além disso, demonstrava "uma falta de atenção geral".   "O problema é que, a não ser que Britney Spears se dê conta das conseqüências de seu comportamento e do impacto dele sobre as crianças, nada sairá de modo positivo", acrescenta o relatório.   No entanto, Hacker admite que a cantora "ama seus filhos e que eles se sentem unidos a ela", e que, durante a terceira das visitas nas quais esteve presente, a "situação melhorou".

Mais conteúdo sobre:
Britney Spears Kevin Federline

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.