Pri Buhr/Secult/Fundarpe
Pri Buhr/Secult/Fundarpe

Brasileiros conquistam 11 prêmios no Grammy latino

Caetano, com 'Abraçaço', venceu nas categorias de melhor cantor compositor e ainda projeto gráfico

22 de novembro de 2013 | 16h42

O Brasil levou 11 prêmios na 14ª edição do Latin Grammy Awards, um dos principais eventos da industria fonográfica. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira (21) no centro de eventos do hotel e cassino Mandalay Bay, de Las Vegas, nos Estados Unidos. Entre os destaques, o pianista Nelson Freire recebeu pelo disco Brasileiro o prêmio de melhor álbum de música clássica, categoria aberta para todas as nacionalidades. O disco Abraçaço, de Caetano Veloso, venceu tanto nas categorias de melhor cantor compositor quanto de projeto gráfico.

O cantor Seu Jorge foi premiado pelo trabalho Músicas Para Churrasco Vol. 1 Ao Vivo na categoria pop, Maria Rita levou o prêmio de melhor álbum de música popular brasileira com Redescobrir e a banda Jota Quest ganhou a categoria álbum de rock. A música Esse Cara sou Eu, de Roberto Carlos, foi considerada a melhor canção brasileira. Victor & Leo, Alexandre Pires e Kleber Lucas também foram premiados, enquanto a coletânea Salve Gonzagão 100 Anos foi considerada o melhor álbum de música de raízes brasileiras.

Na premiação geral, a canção Vivir Mi Vida, de Marc Anthony, foi considerada gravação do ano. Já o disco Vida, do ex-Menudo Draco Rosa, levou o prêmio de álbum do ano. Volví A Nacer, de Andrés Castro & Carlos Vives, foi selecionada como a canção do ano, enquanto a cantora Gaby Moreno, da Guatemala, foi escolhida como melhor artista revelação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.