Bono Vox visita o tenor Luciano Pavarotti na Itália

O líder do U2, Bono Vox, não deixou de dar seu apoio a Luciano Pavarotti, que foi recentemente submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor no pâncreas, e foi visitar o tenor em Pesaro, na Itália. Ambos conversaram sobre a participação do vocalista no espetáculo "Pavarotti and Friends", com a música "Miss Sarajevo", do U2. O encontro ocorreu na segunda-feira em Villa Giulia, onde Pavarotti está se recuperando, ao lado de sua mulher Nicoletta Mantovani e de sua filha Alice. Nos últimos dias, Pavarotti, que já voltou a exercitar a voz, recebeu também outros amigos em Pesaro, entre os quais Plácido Domingo e o tenor Juan Diego Florez. Pavarotti foi operado no início de julho em um hospital de Nova York para a retirada de um tumor maligno no pâncreas após ter sofrido nos meses anteriores diversos problemas de saúde.Pavarotti cancelou, no final de junho, uma série de concertos que faria no Reino Unido devido a problemas de saúde. Estava se preparando para sair de Nova York e apresentar concertos no Reino Unido quando os médicos descobriram o tumor no pâncreas. Como conseqüência do tratamento a que Pavarotti terá que ser submetido, todos os concertos deste ano foram cancelados, entre eles o show ?Encontro de Reis?, que reuniria Luciano Pavarotti e o ?Rei? Roberto Carlos, em 7 de outubro, em Belo Horizonte.O tenor fez sua estréia em "La Boheme", de Puccini, em Reggio Emilia, na Itália, em 1961. A fama veio quando interpretou Toni em "La Fille du Regiment", de Domenico Gaetano Maria Donizetti, no Metropolitan Opera, em Nova York, na década de 60. Junto com Plácido Domingo e José Carreras formou os Três Tenores. Eles cantaram juntos em quatro partidas finais da Copa do Mundo, em Roma (1990), Los Angeles (1994), Paris (1998) e Yokohama (2002). Atualmente, Pavarotti é um dos cantores de maior reconhecimento internacional.

Agencia Estado,

23 de agosto de 2006 | 14h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.