Bono machuca as costas e passa por cirurgia de emergência

O vocalista da banda U2, Bono, foi submetido a uma cirurgia de emergência nas costas em um hospital de Munique depois de se machucar durante os preparativos para a próxima etapa da turnê mundial da banda, anunciou um porta-voz da banda na sexta-feira.

REUTERS

21 de maio de 2010 | 16h06

O cantor irlandês de 50 anos vinha se preparando para a etapa norte-americana, prevista para começar em Salt Lake City em 3 de junho, da turnê mundial "360 Degrees". A banda comunicou em seu site que o show em Salt Lake City será adiado.

"Bono foi submetido a uma cirurgia emergencial nas costas devido a uma lesão sofrida durante os ensaios preparatórios para a turnê", disse seu porta-voz.

"Bono foi internado numa unidade especializada de neurocirurgia em um hospital de Munique", disse.

"Ele passará os próximos dias no hospital e então voltará para casa para se recuperar."

Depois da América do Norte, a turnê estava prevista para chegar a Turim, na Itália, em 6 de agosto.

A turnê "360 Degrees" rendeu 109 milhões de dólares em 2009, segundo o periódico musical Billboard, tornando-se a mais lucrativa do mundo, e a Billboard previu que ela acabe se tornando a turnê mais lucrativa da história.

De acordo com alguns critérios, o U2, com sucessos como "Sunday Bloody Sunday" e "Where the Streets Have No Name", é a banda de maior sucesso do mundo. Ela já vendeu mais de 150 milhões de discos, segundo estimativas não oficiais.

(Reportagem de Mike Collett-White)

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICABONOCIRURGIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.