Bono garante que U2 fará show este ano na Austrália

Bono, vocalista e líder do U2, anunciou que o grupo fará show na Austrália provavelmente em novembro, depois de ter cancelado uma apresentação no país em fevereiro deste ano devido à doença de um familiar de um dos membros da banda, informam hoje meios de comunicação locais.Bono, que se encontra em Sydney com a família, assegurou ontem à noite, em entrevista à emissora de televisão australiana ABC, que o show na Austrália será inesquecível. Não foi divulgada nota no site oficial da banda detalhando o motivo do cancelamento da turnê. Ainda não se sabe qual músico tem alguém doente na família. "Eu não posso entrar em detalhes", disse Bono ao apresentador australiano Andrew Denton, do programa Enough Rope, durante entrevista.Bono explicou que sua participação em movimentos favoráveis à redução da pobreza no mundo fez com que personagens extraordinários comparecessem a seus shows e até mesmo visitassem sua casa.Relatou a chegada surpresa de Mikhail Gorbachov em um domingo em que sua família comemorava o aniversário de um de seus filhos, e a presença de Paul Volker, presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), atrás do palco durante um show.Bono manifestou também surpresa pelo bom humor do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em um encontro recente. "Gostei mais do que esperava. A única coisa que penso quando me reúno com ele é como irei explicar isso à banda", confessou o vocalista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.