REUTERS/Mario Anzuoni/
REUTERS/Mario Anzuoni/

Bob Dylan quebra jejum de oito anos sem inéditas

Disco será lançado nesta sexta-feira (19), nas plataformas digitais

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2020 | 14h52

Os fãs de Bob Dylan têm contado as horas para que chegue logo o dia 19 de junho, sexta. Será quando Dylan tornará público seu primeiro álbum de canções inéditas desde The Tempest, de 2012. Há dois anos ele lançou muitas músicas do cancioneiro americano em um projeto batizado Triplicate, mas mais como diversão, já que nenhuma canção ali era inédita. Outra novidade é a de que, em seus 78 anos, Dylan sabe que está em produção um filme sobre sua vida chamado Going Eletric, com Timothée Chalamet no papel principal e James Mangold na direção.

Os anúncios de Rough and Rowdy Days têm sido feitos em algumas canções que anteciparam seu espírito. Elas foram a saga de Murder Most Foul, de quase 17 minutos, I Contain Multitudes, em que cita uma série de referências como Rolling Stones e Indiana Jones, e  False Prophet. No Brasil, o álbum estará nas plataformas a partir de sexta (19). Em alguns países, ele será vendido em CD e em LP.

Tudo o que sabemos sobre:
Bob Dylan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.