Boates clubber de SP festejam aniversário

Poucas são as casas noturnas que mantêm pista cheia e público fiel. Neste fim de semana, duas delas comemoram sua longevidade no mundo clubber - o Lov.e celebra 4 anos de vida hoje no Fabbrica 5 (Av. Alcântara Machado, 770, tel: 3044-1613), e A Lôca faz amanhã a Festa do Chapéu nos seus domínios (R. Frei Caneca, 916, tel.: 3159-8889), para comemorar seu sexto aniversário e lançar o CD remixado pelo britânico Mike Parsons. Das 0h às 8h, Luis Pareto, Marcos Morcerf, Ednei e DJ Tee, de Belo Horizonte, mostram seus sets na casa. "A Lôca é muito singular, não me lembro de um lugar tão bacana que tenha durado tanto", diz a promoter da casa, Luma Assis. "É um clube underground, não é fino nem tem toques decorativos." Luma também dá início hoje a partir da 0h, ao seu projeto mensal Transition, com André Juliani e Pil Marques no Pix (R. Alagoas, 852, tel: 3666-0723). A vertente eletrônica explorada nas noites será o electro, tendência que surgiu com o uso dos sintetizadores nos anos 80 e que desde o ano passado vem reconquistando as pistas européias e norte-americanas. "Apesar de ser mais um revival, confesso que adoro Miss Kitting e Felix DaHousecat", explica Luma, a respeito dos nomes responsáveis pela recuperação do estilo oitentista. E, segundo a promoter, ela não está só. "Já recebi vários e-mails confirmando presença, de amigos e pessoas que ficaram sabendo." O Lov.e Club&Lounge também faz barulho em torno de seus quatro anos de existência na Vila Olímpia, armando 3 pistas (house, tecno e drum n´bass) com 21 atrações nacionais e dois convidados internacionais. Entre os brasileiros, estão os renomados Mau Mau (tecno), Xerxes (d n´b), e os ascendentes Doctor e Flávia Carrara, que atualmente têm armado sets às terças no Ellus Second Floor, na Rua Oscar Freire. Os convidados são Stephan Grieder, representante do tecno de Estocolmo e dono do selo Svek, e Doc Scott, que, ao lado de Goldie, comanda o selo inglês Metalheadz. "Essa comemoração só mostra que é possível trazer atrações de qualidade para espaços de pequeno porte", conta Eliana Iwasa, responsável pelo projeto Technova (às sextas, no Lov.e). "É um trabalho de noite a noite, afinal, o freqüentador do Lov.e é informado e já sai faz algum tempo." Ainda na Zona Leste, acontece no domigo a festa React (Av. Moacir Dantas Itapicuru, 900, S. Miguel Paulista, tel.: 6131-0464), que busca promover a música eletrônica na periferia. Das 12 às 21h, se apresentam dez atrações, entre elas Andy, Mimi, e o americano Adnan. Outra festa que traz atrações internacionais é a Spectral Gate, núcleo de trance psicodélico dos DJs Feio (da XXXperience) e Brio que encerra turnê amanhã, no km 42,5 da Rodovia Castelo Branco e recebe os suecos Human Blue, de Dag Wallin, e Hux Flux, da gravadora Spiral Traxx e o projeto alemão El Audio, da Free Form.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.